quarta-feira, 12 de março de 2008

Chinelos novos

Todos os dias de manhã tenho, por hábito, ir tirar os chinelos da dona debaixo da cama sendo que, em seguida, me ponho às voltas à cama dos doninhos até que um deles me diga alguma coisa - eles dizem que pareço um tubarão a rondar a vítima. Os chinelos do meu dono também estão debaixo da cama mas eu não lhes ligo.

E mais: todos os dias de manhã, quando a doninha se está a calçar para ir embora, lá vou eu roubar-lhe os chinelos... E mais uma vez, o doninho pode calçar-se à vontade...

De vez em quando, não me limito a roubar os chinelos mas também a dar-lhes umas valentes mordidelas... É nestas ocasiões que os doninhos não só me tiram os chinelos como também ralham comigo...
Resultado da minha fixação pelos chinelos da dona: ontem lá teve que ir comprar uns novos.

Ontem à noite já os tinha mancado no tapete da sala e, hoje de manhã, como não poderia deixar de ser, fui buscá-los ao sítio do costume! São giros, azul turquesa... a ver vamos até quando é que vão durar...

7 comentários:

Van Dog disse...

hehehe... bela descrição, Rocky!
(e digo-te, compreendo bem essa fixação!...)

Dina disse...

És persistente...ehehehe!

domino disse...

Eh eh eh, és cá dos meus!!!!

caniche vagabundo disse...

Vê lá se ainda levas com chinelo! :o)

Spike disse...

Olha amigo, eu também adoro chinelos, roubo tanto os a dona como os do dono, mas quando são os do dono os comtemplados do assalto já sei que vou levar um ralhete, sabes porquê? Porque os chinelos são os do clube do meu dono. Estás a imaginar, não estás?

Rocky disse...

eheheheh Spike!

Rute disse...

A Bianca também adora os chinelos da dona, mas do dono não lhes toca, eheh

bjokas